Notícias do seu Bairro
30.jun.2021
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Treino de Corrida de Rua em São Paulo: Quais os melhores locais?

Além de fonte de lazer, ajuda na manutenção da saúde física e mental

Imagem Treino de Corrida de Rua em São Paulo: Quais os melhores locais?
Logo Copiar Blog Notícia

Com o agravamento e aumento dos casos de Covid-19, o governo do estado precisou anunciar a fase emergencial que, entre outros locais, fechou parques e academias.  Com isso, para não ter que interromper os seus treinos, muitas pessoas precisaram fazer adaptações na forma de executá-los e optaram por correr nas ruas de São Paulo para não perder a boa forma. Mesmo agora, com a reabertura desses locais, as pessoas mantém o hábito.

Veja as vantagens de correr na rua:

Diferente da esteira, a rua possuiu paisagens que se modificam, permite que se conheçam novos lugares ou se repare nos frequentados – diferente da monotonia da corrida na esteira ou em círculos em áreas bem restritas. Sem contar que há mais contato com a natureza, muitas ruas são arborizadas, entre outros elementos.

Segundo os professores de educação física e profissionais da área, a rua é o lugar certo para quem quer perceber com mais clareza seu condicionamento físico. Nelas há ladeiras, asfalto e calçadas, que exigem mais esforço do corpo, em comparação aos aparelhos e pistas de corrida. Sem contar que dá mais autonomia para escolher hora, lugar, tempo, quilometragem e periodicidade dos treinos.

Correr pela cidade também é uma forma eficaz de combater o sedentarismo e, em relação ao vírus, é mais seguro que outras modalidades, pois é uma prática individual. Além disso, ajuda no aumento da imunidade, combate ao estresse, depressão e ansiedade – problemas que e acentuaram ou agravaram ao longo dos últimos meses por causa do isolamento social.

 

Locais para correr em São Paulo:

Não faltam locais para a corrida na Capital de São Paulo. Desde ruas mais afastadas, que contornam parques e praças até as grandes e famosas avenidas, como a Av. Sumaré (zona oeste); Av. Paulista (região central); Av. Braz Leme (zona norte) e Av. Indianópolis (zona sul). A propósito, estas sempre foram ocupadas por grandes grupos de corredores, que levam o esporte a sério.   

Confira nos links abaixo os melhores lugares para correr em São Paulo

 

Cuidados a serem tomados:

A priori, é aconselhável que os corredores iniciantes façam uma consulta médica, física e nutricional para se assegurarem que estão aptos à prática. Em seguida, adotar hábitos, como uma alimentação equilibrada, manter-se hidratado e fazer alongamentos reflete no desempenho. Também é recomendado o estudo dos trajetos a serem percorridos (melhores horários, dificuldades, tipo de piso, a segurança do local, etc.).

A busca por ruas com menos cruzamentos e movimento evitam atropelamentos, assim como manter o volume do áudio baixo o suficiente para ouvir buzinas, motos, ou seja, o trânsito em si. 

Quanto às máscaras, as ideais são aquelas mais confortáveis, com tecidos que reduzem a transpiração – semelhante aos utilizados para confeccionar camisetas esportivas – e que se encaixam bem, para evitar contato com o rosto.  

Segundo o ortopedista Moisés Cohen, diretor do Instituto Cohen de Ortopedia, Reabilitação e Medicina do Esporte e médico do Hospital Israelita Albert Einstein, em entrevista ao portal de notícias Terra, a preferência na hora de se exercitar deve ser por locais planos, porque são uma sequência de movimentos repetitivos, como se fosse uma caminhada, mas acelerada. Isto porque quando se corre em declive (descida), o padrão da marcha se modifica totalmente e o indivíduo passa a usar o mecanismo de desaceleração. Nesse movimento, há sobrecarga na coxa, na patela e no tendão patelar (região do joelho), o que pode provocar tendinite e lesões na cartilagem. 

Na subida, segundo Cohen, o movimento é menos prejudicial aos joelhos, porém é preciso ter uma melhor condição cardiovascular, pois o esforço é maior. Além disso, é preciso ter a musculatura dos membros inferiores muito bem trabalhada, sobretudo a do quadríceps.

 

Fontes:

- Website Viajar Correndo;

- Website ISTOÉ DINHEIRO.

Fonte:
SP Imóvel
O Portal de Imóvel em São Paulo de São Paulo
www.spimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Qual o valor do Aluguel de Casas em Santana?
Próximo Post >
Treino de Corrida de Rua no Centro de São Paulo: Quais os melhores locais?