Curiosidades
14.nov.2018
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Conheça as vantagens do seguro fiança?

Modalidade de garantia proporciona segurança e agilidade

Imagem Conheça as vantagens do seguro fiança?
Logo Copiar Blog Notícia

Ao alugar um imóvel, o inquilino precisa apresentar ao proprietário uma garantia locatícia que proporcione segurança de que serão cumpridos os pagamentos. E o seguro fiança cada vez mais ganha destaque nos contratos de aluguel já que é uma excelente alternativa para aqueles que não têm um fiador.

O que é o seguro fiança?
A contratação do seguro fiança locatícia é por meio de uma apólice de seguro, onde o inquilino é garantido pela Seguradora. "A imobiliária que está intermediando a locação, geralmente, indica um corretor de seguro, que solicitará a documentação exigida pela seguradora para fazer a ficha cadastral. Se aprovada, é elaborado o contrato de locação. O valor do seguro fiança geralmente equivale a um décimo terceiro aluguel e pode ser pago à vista ou parceladamente", explica Dr. Daphnis Citti de Lauro, advogado da Citti Assessoria Imobiliária.
Diferenciais do seguro fiança?
Algumas seguradoras oferecem coberturas adicionais para outras despesas, como o pagamento do IPTU, condomínio, multas, encargos e até mesmo danos ao imóvel. "Existem coberturas adicionais como os acessórios da locação (condomínio e IPTU), pintura do imóvel e conservação", completa Lauro.
Vantagens do seguro fiança?
O seguro fiança garante segurança, comodidade e conforto para ambos os lados. Para o proprietário assegura o pagamento referente à inadimplência dos aluguéis e encargos. Já para o inquilino evita o constrangimento de encontrar um fiador e proporciona agilidade para aprovar o contrato de locação. "A vantagem para o proprietário é que a seguradora cobrirá os aluguéis e encargos na hipótese de inadimplência e, para o inquilino, é que apesar de sair mais caro, não precisará pedir favores a terceiros", comenta o advogado.
Fonte:
SP Imóvel
O Portal de Imóvel em São Paulo de São Paulo
www.spimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Decoração: Porcelanatos que imitam mármore
Próximo Post >
Quando contratar um síndico profissional?