Mercado imobiliário
02.abr.2018
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Conheça o financiamento do Itaú

As taxas são a partir de 9% a.a + TR

Imagem Conheça o financiamento do Itaú
Logo Copiar Blog Notícia

Com a queda da Selic, para 6,5% ao ano, taxa básica de juros da economia, os bancos privados anunciaram redução nas taxas de juros para o credito imobiliário.

Essa é uma boa notícia para quem está de olho na casa própria. Pois, o mercado imobiliário já iniciou o ano com uma boa retomada e apresenta bons negócios para o consumidor sair do aluguel e comprar imóvel em São Paulo.

E o financiamento imobiliário é uma excelente alternativa para sair do aluguel e conquistar a casa própria. Mas hora de escolher o banco ideal para financiar a casa própria é preciso estudar todas as condições, exigências e analisar as melhores taxas de juros que variam de banco para banco.

No Itaú, o percentual de financiamento máximo é de até 82% do valor do imóvel, com valor mínimo de R$ 80 mil. As taxas são a partir de 9% a.a + TR, de acordo com o relacionamento e o histórico do cliente com o banco.

Opções de Financiamento do Itaú
Valor do Imóvel
a partir R$ 100 mil
Valor do Financiamento
Valor mínimo de R$ 80 mil
Máximo de Financiamento
82%
Taxa de Juros (SFH)
A partir de 9% ao ano + TR
Renda Mínima Necessária
Até 35%
Prazo Pagamento
Até 30 anos
Sistema Amortização
SAC e Tabela Price

Também será necessário escolher a opção do Sistema de Amortização, se será através de parcelas atualizáveis (SAC) ou através de parcelas fixas (Tabela Price). Após isso, o banco faz análise de crédito do cliente e uma avaliação do imóvel.

Outro detalhe interessante é a possibilidade de utilizar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) como parte de seus recursos próprios para amortizar ou liquidar o saldo devedor do financiamento imobiliário.

Fonte:
SP Imóvel
O Portal de Imóvel em São Paulo de São Paulo
www.spimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
É hora de comprar imóvel?
Próximo Post >
Como decorar um apartamento alugado?